Notícias   



No litoral: Agespisa adota melhorias no abastecimento de água

Aumentar o texto: A- | A+
A empresa vai disponibilizar um plantão especial para atendimentos a clientes e turistas nesse final de ano.

Com a finalidade de regular o abastecimento no litoral piauiense, a Agespisa resolveu adotar uma série de providencias para evitar incômodos com a falta de água durante as festas de fim de ano e meses de férias. Além disso, em Luís Correia (PI), dois grupos geradores de energia estarão disponíveis, para casos de falta de energia elétrica.

O período de férias é a fase do ano mais movimentada no litoral, diante disso, alguns problemas relacionados a falta de água e energia podem ocorrer, e para evitar que isso aconteça, a Agespisa já executou os serviços de manutenção de todas as bombas de captação de água bruta e de recalque de água tratada.

Essas bombas são responsáveis por levar a água captada em Parnaíba até os reservatórios de Parnaíba, Luís Correia e praias Peito de Moça e Coqueiro.

Em Parnaíba, os conjuntos de distribuição de água tratada do sistema de abastecimento também já passaram por revisões e melhorias. A empresa garantiu o encaminhamento de equipamentos reserva que poderão ser utilizados em casos de emergências. Esses equipamentos correspondem a dois conjuntos de bombas que estarão à disposição para os sistemas de captação de água bruta e tratada.

Alguns povoados do litoral, como o de Barrinha, em Cajueiro da Praia, o sistema de captação dos poços, receberam dois conjuntos de bombas de reserva. Os poços de Barrinha são os responsáveis pelo abastecimento de uma das praias mais frequentadas do Piauí, a Praia de Barra Grande.

A outra preocupação da Agespisa é a manutenção da rede de esgoto. Com o objetivo de evitar extravasamentos, a empresa fez limpeza na rede e na estação coletora situadas na orla de Luís Correia.

Os turistas e clientes terão um plantão especial de atendimento da Agespisa. As solicitações e reclamações podem ser feitas através do telefone 0800 086 8888, que funciona durante 24 horas. A ligação poder ser feita também por telefones celulares gratuitamente.

Leia mais em:

 » Galeria de Fotos
 


Fonte: www.45graus.com.br  

 » Notícias Relacionadas

  16-10-2018 No AP, Macapaba 1 pode ficar sem abastecimento de água por até 48 horas.
  10-10-2018 Estudo retrata pressão da mineração sobre áreas protegidas.
  09-10-2018 Obra na ETA irá duplicar capacidade de abastecimento de água.
  03-10-2018 Abastecimento de água em Goiânia não será afetado graças a gestão hídrica, diz Secima.
  26-09-2018 Samae pede ajuda da população para restabelecer abastecimento de água.
  21-09-2018 Estado realiza perfuração de poços em diversas regiões.

 

Parceiros


Publicidade