Notícias   



Dia Mundial da Água pauta ações no ABC

Aumentar o texto: A- | A+
Celebrado no dia 22 de março, o Dia Mundial da Água será lembrado na região com diversas atividades abertas e gratuitas promovidas, principalmente pelas prefeituras, sem necessidade de inscrição prévia. Em Santo André, haverá palestras como temas sobre reúso de água, controle de perdas, poluentes e Lei Específica da Billings, entre outros.

O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) abriga duas palestras. Dia 16, será Reúso de Água, com Pedro Mancuso, da Faculdade de Saúde Pública da USP; e Lilian Sarrouf, consultora técnica do SindusCon-SP e coordenadora do Comitê de Meio Ambiente, Segurança e Produtividade do sindicato. No dia 22, o tema será Perdas de Água, com Plínio Tomaz, diretor adjunto da superintendência do SAAE de Guarulhos e professor da Associação Brasileira de Normas Técnicas e da ABES (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária); e Paulo Seiji Yamasaki, encarregado de perdas de água do Semasa.

Ainda no dia 22 de março, o Calçadão da rua Coronel Oliveira Lima recebe o Caminhão de Educação Ambiental do Semasa. O veículo traz dicas e informações sobre preservação e uso consciente da água, além de uma exposição de fotos sobre os rios e córregos.

A Fundação Santo André recebe convidados do ciclo de palestras nos dias 24 e 27 de março, a partir das 19h30. No dia 24, Fernanda Longhini, gerente de Licenciamento Ambiental do Semasa, discorre sobre contaminação de águas subterrâneas nos processos de licenciamento ambiental. No dia 27, o tema é escassez hídrica. O painel conta com a participação dos professores de Engenharia Ambiental da Fundação, Priscila Reina Siliano Silva e Clóvis Ferreira do Carmo, além do secretário-adjunto da Secretaria de Gestão de Recursos Naturais de Paranapiacaba e Parque Andreense, Murilo Valle.

Em Rio Grande da Serra, uma carreta da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico de São Paulo) fica estacionada nos dias 15 e 16 de março, das 8h às 16h40, na Praça da Bíblia, para apresentações sobre a importância da água e do ciclo do saneamento. Tudo de forma lúdica, por meio de jogos, realidade virtual e animações e palestras com 20 minutos de duração. A ação é aberta e faz parte do projeto Somos Água.

Aumento na oferta

Com foco no uso consciente da água, empresas do Polo Petroquímico de Capuava empregam água de reúso industrial como fonte de abastecimento. Com isso, deixam de usar mensalmente 900 milhões de litros de água tratada. O abastecimento é realizado pelo Aquapolo, considerado o maior empreendimento do hemisfério sul para a produção de água de reúso industrial e que fornece 650 litros por segundo, volume equivalente ao consumo de água potável de uma cidade com 300 mil moradores. Cerca de 85% deste volume são destinados ao Polo Petroquímico.

Leia mais em:

 » Galeria de Fotos
 


Fonte: www.reporterdiario.com.br  

 » Notícias Relacionadas

  16-10-2018 No AP, Macapaba 1 pode ficar sem abastecimento de água por até 48 horas.
  10-10-2018 Estudo retrata pressão da mineração sobre áreas protegidas.
  09-10-2018 Obra na ETA irá duplicar capacidade de abastecimento de água.
  03-10-2018 Abastecimento de água em Goiânia não será afetado graças a gestão hídrica, diz Secima.
  26-09-2018 Samae pede ajuda da população para restabelecer abastecimento de água.
  21-09-2018 Estado realiza perfuração de poços em diversas regiões.

 

Parceiros


Publicidade