Notícias   



Nova adutora deve ampliar abastecimento de água da Grande Florianópolis no verão

Aumentar o texto: A- | A+
Obra que havia sido paralisada em 2015 foi retomada nesta terça-feira (11), em São José

A Casan (Companhia de Água e Esgoto do Estado) anunciou nesta terça-feira (11) o início da terceira e última fase da implantação da adutora de 1.200 mm que vai reforçar a oferta de água na Grande Florianópolis durante a temporada de verão.

Paralisada em 2015 devido a alterações de projeto e traçado, a estrutura vai receber até dezembro os últimos 1.100 metros de tubulação com diâmetro de 1,2 metro. É a tubulação de água tratada mais potente de Santa Catarina e se estende desde a Estação de Tratamento de Cubatão, em Palhoça, até a entrada de Florianópolis, por um total de 15,6 quilômetros.

Quando entrar em operação, vai aumentar a oferta de água tratada para os bairros Serraria, Barreiros e Areias de São José, ampliar o abastecimento da área continental de Florianópolis e regularizar a distribuição para a Bacia do Itacorubi (bairros Itacorubi, Santa Mônica, Parque São Jorge, Jardim Anchieta e Pantanal). Ainda vai solucionar problemas de pressão e vazão que hoje afetam regiões em crescimento de Biguaçu.

“Depois do Sistema Flocodecantador, esta é a obra mais importante para dar tranquilidade à operação de abastecimento da Grande Florianópolis”, explica o engenheiro Fábio Krieger, gerente de Construção da Casan. "Essa adutora vai regularizar a pressão da água que vem do Flocodecantador, beneficiando São José, Florianópolis, Biguaçu e, inclusive, Palhoça, que compra água da Casan", continuou.

O flocodecantador é o equipamento instalado em dezembro de 2015 na ETA Cubatão, em Palhoça e que ampliou em 50% a velocidade de tratamento de água e eliminou a turbidez que era registrada em períodos de chuvas fortes em diversos pontos da região da Grande Florianópolis.

Interferência no trânsito de São José

Ao todo o investimento da Casan na adutora soma R$ 21,6 milhões. A obra provoca mudanças no trânsito de São José a partir desta semana.

Uma das frentes de serviços está localizada junto à ponte sobre o Rio Araújo, na altura do antigo pórtico de São José, por onde a obra foi retomada. Uma outra frente vai entrar em operação a partir do próximo dia 26 de julho pela rua Luis Fagundes (proximidades do Hospital Regional), seguindo pela Beira-Mar São José em direção à BR-101 (Forquilhinhas). Casan e Prefeitura de São José alinharam, em reunião realizada na última segunda-feira, formas de manter a população constantemente avisada sobre o cronograma de obras para alertar sobre alterações no trânsito e sugerir rotas alternativas.

Leia mais em:

 » Galeria de Fotos
 


Fonte: www.ndonline.com.br  

 » Notícias Relacionadas

  07-11-2017 Moradores fecham trecho da BR-020 no Ceará após distrito ficar sem abastecimento de água.
  07-11-2017 Avanços na ciência e tecnologia diminuíram os custos do pré-sal brasileiro e aumentaram a competitividade, afirma especialista.
  01-11-2017 Crise hídrica em Pedro II foi tema de audiência no MP-PI.
  26-10-2017 Copasa emite alerta em relação a abastecimento de água em Paracatu.
  16-10-2017 Mesmo com poços artesianos, parte da população de São Mateus continua recebendo água salgada.
  16-10-2017 Após 15 dias suspenso, rodízio no abastecimento de água volta a ser adotado em Formiga.

 

Parceiros


Publicidade