Notícias   



Falta de chuva prejudica captação de água e abastecimento em Ribeirão Bonito, SP

Aumentar o texto: A- | A+
Segundo a prefeitura, situação piora nos fins de semana quando o consumo é maior.

O período de estiagem tem deixado os moradores de Ribeirão Bonito (SP) sem água em casa. Com o tempo seco e sem chuva, as nascentes estão secando.

A prefeitura informou que tem faltado água em alguns bairros principalmente nos finais de semana, quando o consumo é maior.

Segundo administração, a falta de chuva interfere no sistema de captação. Uma parte da água que vai para a cidade sai de uma mina, cujo volume está 40% menor do que o normal.

De acordo com a prefeitura, está previsto a construção de um reservatório de cerca de 1 milhão de litros de água e de um poço artesiano para abastecer a região dos bairros Malvinas e Jardim Eliana. O projeto está em fase de licitação

Sem água
Na casa faxineira Ivanice da Silva Alves, a maior parte de água usada é na cozinha, para tomar banho e dar descarga no banheiro. Com o desabastecimento dos últimos dias, ela começou armazenar água em garrafas para poder manter a casa em ordem.

Ela disse que a falta de água é constante e que já reclamou muitas vezes na prefeitura. “Eles dizem que eu tenho que comprar caixa d’agua, mas eu acho que não sou obrigada porque eu pago pela água que uso”, disse Ivanice.

Desperdício
Mesmo com a excassez, a reportagem da EPTV, afiliada da TV Globo, percorreu os bairros e flagrou muitas pessoas desperdiçando água, lavando carros, a calçada e a rua.

A prefeitura disse tem enviado caminhões-pipas para reabastecer os reservatórios dos bairros e que tem pedido apoio da população para economizar.

Leia mais em: https://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2018/07/19/falta-de-chuva-prejudica-captacao-de-agua-e-abastecimento-em-ribeirao-bonito-sp.ghtml

 » Galeria de Fotos
 


Fonte: www.g1.globo.com  

 » Notícias Relacionadas

  21-09-2018 Estado realiza perfuração de poços em diversas regiões.
  21-09-2018 Militares brasileiros fazem perfuração de poços de água na Guiana.
  21-09-2018 Abastecimento de água em cidades de AL na seca deve custar R$ 2,3 milhões por mês.
  21-09-2018 Compesa paralisa abastecimento de água em Caruaru, Agrestina e Cachoeirinha.
  18-09-2018 Após um mês sem água, MPF pede que aldeias recebam água em caminhões-pipa.
  18-09-2018 Um ano após crise hídrica, Viçosa e Ubá não têm previsão de racionamento de água em 2018.

 

Parceiros


Publicidade