Notícias   



Paraiso: Funasa inicia perfuração de poço artesiano no assentamento Mateira

Aumentar o texto: A- | A+
PARAÍSO DAS ÁGUAS – Equipe da Fundação Nacional de Saúde – Funasa/MS, já está no assentamento Mateira, realizando a perfuração de mais um poço artesiano para atender 44 famílias da região do assentamento.

Nesta quinta-feira(16/8), a diretora do Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE do município, Nayara Spindola Francisco, acompanhada do assessor do Executivo Municipal, Antônio Luiz Soares (Tuta) e o representante da secretaria municipal de Infraestrutura Rural e Urbana, Clodoaldo Oliveira, estiveram no local recepcionando a equipe e acompanhando o trabalho da Funasa.

O antigo poço do lote 151, de propriedade do Seu Ruberval, sofreu recentemente um desmoronamento e o novo poço vai ser perfurado no lote 147, de propriedade do Seu Agostinho Arcanjo, que cedeu o área para perfuração. Os técnicos da Funasa acreditam que a profundidade deste poço deverá ultrapassar 150 metros.

Mesmo o assentamento não sendo de responsabilidade de atendimento do SAAE, a autarquia do município presta toda a atenção e logística para a Funasa, bem como a Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura Rural e Urbana.

Os moradores atendidos estão satisfeitos pelo serviço e comemoram o novo poço que abastecerá as famílias. Uma moradora informou à reportagem do Brito News que já chegou a ficar cerca de 30 dias sem o fornecimento de água.

Três poços artesianos no assentamento Mateira, administrados por associações individuais de cada poço artesiano fornecem água potável à 150 famílias do assentamento. Principalmente neste período de seca, pelo menos 2 dos 3 poços registram problemas no abastecimento, causando transtorno para as famílias do assentamento.

Leia mais em: http://www.ocorreionews.com.br/portal/paraiso-das-aguas/paraiso-funasa-inicia-perfuracao-de-poco-artesiano-no-assentamento-mateira/

 » Galeria de Fotos
 


Fonte: www.ocorreionews.com.br  

 » Notícias Relacionadas

  21-09-2018 Estado realiza perfuração de poços em diversas regiões.
  21-09-2018 Militares brasileiros fazem perfuração de poços de água na Guiana.
  21-09-2018 Abastecimento de água em cidades de AL na seca deve custar R$ 2,3 milhões por mês.
  21-09-2018 Compesa paralisa abastecimento de água em Caruaru, Agrestina e Cachoeirinha.
  18-09-2018 Após um mês sem água, MPF pede que aldeias recebam água em caminhões-pipa.
  18-09-2018 Um ano após crise hídrica, Viçosa e Ubá não têm previsão de racionamento de água em 2018.

 

Parceiros


Publicidade